quarta-feira, setembro 27, 2006

Ena, duas vitórias...

Vamos entrar em Outubro com duas vitórias em jogos oficiais.
Um registo digno de potências futebolísticas como o Marítimo ou o Belenenses.

Sou só eu que acho que:
a) o plantel deste ano é forte, rico e de qualidade?
b) o nosso treinador não tem unhas para aquela camioneta?

Então o que estão à espera? Ponham-no a andar. E já!!!

PS: Aposto que o Gordo está farto de estar sentado no sofá a ver a «TV Deportes» lá do sítio e a ir de 15 em 15 dias ao Santiago Bernabéu.

Filosofia versus Táctica

Do jogo de ontem tenho de realçar o seguinte:

1) A equipa enquanto teve pernas e ideias nem jogou muito mal mas mesmo no melhor periodo não mostou nada demais. Não consigo perceber como é que não existem automatismos, como é que se falham tantos passes, como é que a recepção é tão má, como é que os jogadores não se desmarcam e pedem a bola;

2) Há jogadores que é só preciso estarem disponiveis para entrarem na equipa;

3) O treinador não consegue fazer uma prelecção de jeito ao intervalo, alguns deles devem vir a dormir;

4) As substituições foram um desastre, a equipa passou a jogar pior. Não percebo porque é que num jogo em que a capacidade de choque é importante se coloca um tipo com um buraco na cara e um outro que é coxo.

5) Os do costume estiveram muito bem (Luisão e o Léo). O Luisão é o único que tem vontade de vencer e consegue fazer alguma coisa para mudar o estado de coisas. Quanto ao Léo já tinha saudades da jogada tipo 1 da 2ª volta da época passada: Bola no Léo que ele leva até à outra baliza. Gostei do Quim embora tenha as minhas dúvidas quanto ao golo.

6) Nem um remate à baliza. O MFernandes faz muita falta mas isto está tão mau que até estou a ficar com saudades dum remate à baliza do Beto, quando todo o estádio gritava chuta e o gajo acertava com a bola num adepto.

7) O ano passado fizemos um grande jogo com o Manchester e depois caimos a pique. Se este ano acontecer o contrário tudo bem, se for a cair na mesma a cair a pique então estamos mal.

8) O nosso treinador a 10 minutos do fim manda o Mantorras aquecer para entrar dai a 1 minuto !? É revelador do estado de espirito desse homem bom. Aliás ele é muito bom para os adversários. A perder a 30 minutos do fim e ficar sentado o resto do tempo é de homem bom.

9) O Mantorras é um tótó por isso não o levo a mal, mas para o Simão tenho tolerância zero. Estou farto das suas jogadas sem imprimir velocidade. Ontem deveria ter sido o primeiro a ser substituido em vem do Paulo Jorge.

10) O N. Gomes na única oportunidade que tivemos mostrou que não é gajo para jogar a ponta de lança (sem explosão, sem técnica). Ou mete o gajo a 2º ponta de lança a reforçar a zona central do meio campo onde ele consegue ter rendimento tabelando ou então não está lá a fazer nada. Em vez de ter ficado o Nuno atrás e o

11) Não sei se vou voltar a ver o Micoli a fazer um sprint. De qualquer maneira não se percebe porque é que não foi titular. Depois de jogar a titular volta para o banco ? Isto não faz sentido.

12) O Alcides deve ter sido raptado e no seu lugar joga um clone. Apesar de não ter sido publicitado o mesmo deve ter acontecido ao Anderson. Peço ao Luisão para não ir de férias ao Brasil.

13) O nosso treinador é um homem de fé mas o milagre não aparece. Espero se demita mal o Benfica esteja a mais de seis pontos do líder do campeonato. Se vier um candidato com um treinador de jeito penso que fará muito frente ao LFV.

segunda-feira, setembro 25, 2006

O Léo é o responsável !

Agora sim ! Já sei quem é o grande responsável pelo mau inicio de época do Benfica: É o anão que joga no lado esquerdo da nossa defesa .... Por mim ele estava era chateado devido à equipa não dar uma para a caixa há mais de 20 m. Co-responsável por este comportamento é o Vieira que em todas as entrevistas se queixa do lamaçal e depois não quer que os jogadores se revoltem.

O treinador esse é um querido, cheio de boas intenções que dá oportunidades aos meninos feios e perdoa os arrependidos. Esse grande treinador que consegue motivar os jogadores antes dos jogos e que lhe dá alento depois dos desastres.

A indisciplina é realmente importante, agora o facto da equipa não conseguir fazer mais do que duas jogadas de jeito durante 90 minutos e muito menos defender e atacar em bloco isso é irrelevante. Segundo o nosso treinador os meninos bem comportados são os campeões, está visto que o melhor é contratar um plantel novo ...

Digam o que disserem naquele campo o Beto seria um rei. Se ele acha que ele é assim tão mau então que o mandem embora. O Karagounis até fez um jogo razoável até determinada altura mas depois desapareceu. Também faltou o Petit. E porque não ter metido o latagão lá à frente ?

Apesar de tudo acho que o Benfica teve azar na lesão do N. Assis que é o único jogador do Benfica em forma (deve ser um bom menino), no golo nos descontos quando nada previa e num árbitro dourado muito sensivel.

Se o Benfica voltar a perder pontos pode dizer adeus ao campeonato.

O próximo jogo na liga dos campeões é para ganhar, vamos ver se na liga dos campeões os meninos também se portam mal ou se é só no campeonato nacional.

quinta-feira, setembro 21, 2006

Proibido pensar no Manchester

Ao contrário do FSantos eu acho que o Benfica voltou a jogar mal (Nacional) mostrando mais uma vez que não existe qualquer entrosamento entre os vários sectores.

Felizmente a equipa do nacional é lenta e pressiona pouco, mas mesmo assim criou algumas oportunidades de golo com remates de fora de área. A debilidade ofensiva é antiga mas a defensiva é uma novidade.

Qualquer dia vou ver os treinos para ver o que é que eles fazem. Duvido que treinem sobre pressão e pratiquem automatismos. Só temos dois jogadores que correm (N. Assis e Léo) os outros parece que se arrastam.

Não sei bem porque os jornalistas querem enterrar o Petit para já continua a ser o melhor. Agora talvez sozinho seja uma boa opção em alguns jogos.

O Katsouranis é muito leve a defender e fraco na marcação. Ou se habitua ao jogo Português ou estamos mal servidos.

O Karagounis parece que joga completamente alheado do resto da equipa numa missão especial. Gosto de o ver jogar mas agarra-se muito à bola, perde-a em terrenos perigosos e defende mal. Com um meio campo a pressionar a sério estávamos mal.

O Kikin não tem pés mas esforça-se e joga muito bem de cabeça. Os cantos com ele o Luisão e o Katsouranis ganham outro perigo.

Uma equipa com Micoli e Simão arrisca-se a ganhar muitos jogos no campeonato nacional mas alguém precisa de impor o espirito de equipa e ensiná-los a jogar à bola.

As perdas de tempo do Benfica estão-me a irritar. Uma coisa é jogar contra o Manchester outra é nos jogos em casa contra o Nacional.

domingo, setembro 17, 2006

Façam as contas

Não compreendo a histeria do Jardim Escola de Alcochete em torno da arbitragem. Nos últimos dois jogos deviam ter conquitado dois pontos e conquistaram três e ainda se queixam!?

Ridícula é a forma como se tratam os clubes pequenos em Portugal. Há uma semana as capas dos jornais salivavam com o golo do Nani, ignorando a falta que o originou e o jogo morno da lagartagem. Hoje é ver palavras como «Roubo» e «Aldrabice» nas capas.

Puta que os pariu.

sexta-feira, setembro 15, 2006

Eleições

Não sei quem vão ser os candidatos às eleições de Outubro, mas uma coisa tenho como certo.

O Luís Filipe Vieira não terá o meu voto. Recuso-me a votar em quem pede favores ao Major. E a quem dá emprego a gente que gosta de dar uma beijoca áquelas barbas cheias de fumo de charuto.

O resto são lérias.

Domingo, todos à Luz armados de lenços brancos.

quinta-feira, setembro 14, 2006

Miserável !

1) Não há nenhum jogador do Benfica em forma (física, mental)

2) Não há nenhum automatismo em nenhum sector

3) O contra-ataque que tão bem executávamos foi destruído

4) O desequilíbrio a defender é tão grande que chega a ser anedótico

5) A equipa à imagem do treinador: cheia de medo e vazia de ideias

6) Jogar contra a pior equipa é sempre para ganhar

7) Não há sistema, não há filosofia

8) Todos os jogadores que andaram a queimar tempo deveriam ser punidos monetariamente

9) Anda tudo perdido em campo, começámos da mesma maneira queacabámos o campeonato.

10)O jogo foi tão morno que houve alturas em que quase adormeci.

Já não acredito no FSantos, diz-se que "quem tem cu tem medo". O FSantos deve ter um cagueiro do tamanho do Estádio da Luz.

Os comentários dos jogadores ao jogo demonstram a confusão que deve estar no balneário:

Luisão: "Um erro nosso podia dar golo" O central Luisão salientou a importância da equipa do Benfica não ter sofrido golos no jogo de quarta-feira com o FC Copenhaga

Nuno Assis: "É um bom resultado para levantar o moral"

Simão Sabrosa: "Um ponto fora é sempre importante"

E termino com o comentário do FSantos:

Fernando Santos: "Equipa reagiu bem à derrota do Bessa"

terça-feira, setembro 12, 2006

Petit O Grande

Só vi o resumo na Tvi e apesar de reconhecer que o Benfica não deu uma para a caixa tenho de lamentar o facto de se ter lavado com sabão a má arbitragem realizada pelo sr. árbitro.

1) Cartão amarelo por mostrar a jogador do Boavista quando ainda estava 1-0

2) Cartão vermelho a Manú por falta inexistente

3) Cartão amarelo e consequente expulsão do Petit devido á reacção mais que justa perante uma tremenda injustiça.

O LFV e o Veiga, está-se mesmo a ver, serão os únicos arguidos do caso apito dourado e com a sorte que tem serão eventualmente condenados. Ouvi mesmo dizer que o LFV está a pensar candidatar-se a Presidente do Porto pois pelos vistos é o único lugar com imunidade real no nosso País.

O FSantos teve uma reacção tipo "banana" assim não vai durar muito. O RCosta mostrou mais uma vez que é um grande Benfiquista que precisa de ser controlado. Pela 2ª vez joga em condições físicas deficientes e pela 2ª vez o Benfica perde por 3.

O árbitro do jogo foi mais do que condicionado. Se quando o Benfica é roubado não se diz nada então estamos bem mal; se calhar alguns estão com medo que os seus telhados de vidro se partam.

Já há muito tempo que o Benfica não apresentava uma condição fisica tão deficiente. Venha o preparador fisico do tempo do Trapatoni que pelo menos nessa altura ninguém se lesionava.

terça-feira, setembro 05, 2006

Deus e o Domenech

Meu caro Raymond Domenech,

eu sei que ninguém gosta de ti (à excepção de meia dúzia de franceses) e és daqueles treinadores que vai passar pelo futebol sem deixar rasto.
Mesmo assim, deixo-te um conselho de amigo.

Não te metas com Deus. Podes lançar frases que acendam achas na fogueira, mas só Deus é que consegue atravessá-la sem queimar o sobretudo da Armani.
Diverte-te a treinar os «bleus» e deixa os «blues» em paz.

Avez compris?