quarta-feira, setembro 27, 2006

Filosofia versus Táctica

Do jogo de ontem tenho de realçar o seguinte:

1) A equipa enquanto teve pernas e ideias nem jogou muito mal mas mesmo no melhor periodo não mostou nada demais. Não consigo perceber como é que não existem automatismos, como é que se falham tantos passes, como é que a recepção é tão má, como é que os jogadores não se desmarcam e pedem a bola;

2) Há jogadores que é só preciso estarem disponiveis para entrarem na equipa;

3) O treinador não consegue fazer uma prelecção de jeito ao intervalo, alguns deles devem vir a dormir;

4) As substituições foram um desastre, a equipa passou a jogar pior. Não percebo porque é que num jogo em que a capacidade de choque é importante se coloca um tipo com um buraco na cara e um outro que é coxo.

5) Os do costume estiveram muito bem (Luisão e o Léo). O Luisão é o único que tem vontade de vencer e consegue fazer alguma coisa para mudar o estado de coisas. Quanto ao Léo já tinha saudades da jogada tipo 1 da 2ª volta da época passada: Bola no Léo que ele leva até à outra baliza. Gostei do Quim embora tenha as minhas dúvidas quanto ao golo.

6) Nem um remate à baliza. O MFernandes faz muita falta mas isto está tão mau que até estou a ficar com saudades dum remate à baliza do Beto, quando todo o estádio gritava chuta e o gajo acertava com a bola num adepto.

7) O ano passado fizemos um grande jogo com o Manchester e depois caimos a pique. Se este ano acontecer o contrário tudo bem, se for a cair na mesma a cair a pique então estamos mal.

8) O nosso treinador a 10 minutos do fim manda o Mantorras aquecer para entrar dai a 1 minuto !? É revelador do estado de espirito desse homem bom. Aliás ele é muito bom para os adversários. A perder a 30 minutos do fim e ficar sentado o resto do tempo é de homem bom.

9) O Mantorras é um tótó por isso não o levo a mal, mas para o Simão tenho tolerância zero. Estou farto das suas jogadas sem imprimir velocidade. Ontem deveria ter sido o primeiro a ser substituido em vem do Paulo Jorge.

10) O N. Gomes na única oportunidade que tivemos mostrou que não é gajo para jogar a ponta de lança (sem explosão, sem técnica). Ou mete o gajo a 2º ponta de lança a reforçar a zona central do meio campo onde ele consegue ter rendimento tabelando ou então não está lá a fazer nada. Em vez de ter ficado o Nuno atrás e o

11) Não sei se vou voltar a ver o Micoli a fazer um sprint. De qualquer maneira não se percebe porque é que não foi titular. Depois de jogar a titular volta para o banco ? Isto não faz sentido.

12) O Alcides deve ter sido raptado e no seu lugar joga um clone. Apesar de não ter sido publicitado o mesmo deve ter acontecido ao Anderson. Peço ao Luisão para não ir de férias ao Brasil.

13) O nosso treinador é um homem de fé mas o milagre não aparece. Espero se demita mal o Benfica esteja a mais de seis pontos do líder do campeonato. Se vier um candidato com um treinador de jeito penso que fará muito frente ao LFV.

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

A minha questão é simples:

- Quando é que arranjam (pelo menos) um preto rápido, com alguma capacidade de choque e inteligente (qb) para o ataque?

5:09 da tarde  
Blogger Apre said...

A tua dureza éra denecessária, se houve algo que correu mal ,não foi a entrada de um jogador com um buraco na cara, mas o regresso à normalidade. Se a vitória do ano passado foi anormal, esta derrota, já foi normal.

3:11 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home