terça-feira, setembro 05, 2006

Deus e o Domenech

Meu caro Raymond Domenech,

eu sei que ninguém gosta de ti (à excepção de meia dúzia de franceses) e és daqueles treinadores que vai passar pelo futebol sem deixar rasto.
Mesmo assim, deixo-te um conselho de amigo.

Não te metas com Deus. Podes lançar frases que acendam achas na fogueira, mas só Deus é que consegue atravessá-la sem queimar o sobretudo da Armani.
Diverte-te a treinar os «bleus» e deixa os «blues» em paz.

Avez compris?

1 Comments:

Blogger T-Rex said...

Passa por

Vedeta ou Marreta ?.

Um abraço.

11:25 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home