quarta-feira, agosto 09, 2006

Agora a sério

O jogo em Viena serviu para nos mostrar como vai ser o Benfica 2006/2007. Sempre fui daqueles que se baldou aos jogos amigáveis e de apresentação (o último que fui foi na Luz contra o Barcelona em que a surpresa foi a apresentação do Ailton e no Barça ainda jogava o Romário e acabámos por ganhar 1-0 com golo do Ailton) por uma questão de coerência. Se não vou aos treinos, também não vou aos amigáveis. Por isso sempre me borrifei para as críticas de início de época. O que critico é o Fernando Santos, mas esse criticarei sempre, mesmo que sejamos campeões a 7 jornadas do fim.

Mas para já, o engenheiro parece ser menos lento do que o Koeman e cedo percebeu que isto de ser treinador do SLB não é chegar aqui e impor as suas regras. Nós temos as nossas regras e uma delas é jogar com extremos e com dois centrais. Não venham cá com tácticas losangonais e com tres centrais (à Koeman no início, lembram-se?) que isso é para clubes sem pergaminhos.

Primeiro jogo a sério, primeira vez com uma táctica à homem e as coisas vão-se compondo (não sou daqueles que fica excitado com um empate em Viena). Agora para a coisa ficar completa só falta entrar Simão e Miccoli e sair Paulo Jorge e Rui Costa.

2 Comments:

Anonymous Glorioso Adepto said...

Sair o Rui Costa? Estás doido? Deixa de olhar para o B.I....

3:29 da tarde  
Blogger pintas said...

A uma equipa com Marco Ferreira, Paulo Jorge, Beto, Manu, Marcel e Nuno Assis no plantel principal, apenas 2 laterais de raíz e nenhum estremo desiquilibrador (sim,porque o Simão este ano não conta - mesmo que fique) não se pode agoirar um futuro risonho...

5:44 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home