segunda-feira, abril 25, 2005

Morais e dignidades

Se o Litos, o Carlos Xavier e o resto da entourage lagarta do Estoril-Praia consideram que o Estoril-Benfica de Domingo passado foi uma pouca-vergonha assim tão grande, aguardo com expectativa a única atitude digna que podem tomar:
Demitirem-se da liderança de um clube que entregou, propositadamente e de mão-beijada, três pontos ao líder isolado da Superliga.

A não ser que estejam à espera do dia 1, para receber o ordenado. É que sabem que, depois do Estoril ter feito 600 mil euros de receita contra o clube encarnado, já há dinheiro para lhes pôr o pão na mesa.