segunda-feira, abril 30, 2007

Qual dos coxos vou meter !?

Ontem o Engº voltou a ter uma paragem cerebral ! Como é que ele é capaz de tirar um dos poucos elementos do Benfica que demonstrava querer e capacidade técnica e táctica (Petit). Como é que é possivel ter um treinador que com duas substituições dá cabo de uma equipa !?

O RCosta teve durante o jogo problemas fisicos mas mesmo assim a passo continuou dentro de campo !? Quando oiço os comentadores nas televisões e nas rádios defenderem a continuidade do Engº isso só me dá vontade de rir. Um treinador do Benfica tem de se impor, tem de fazer omeletes sem ovos quando isso é necessário, tem de nos momentos menos bons tomar decisões arriscadas. O Engº está a anos luz do que deve ser um treinador para o Benfica.

O banco não ajuda, lá isso é verdade. Para o ano precisamos de um guarda-redes à Preud'homme, de 2 avançados em condições, 2 médios ala, 2 defesas laterais e 1 central.

Há que arranjar uma saida para o N. Gomes pois um ponta de lança que ganha o que ele ganha tem de ter capacidade fisica e técnica para muito mais. O Mantorras em inferioridade fisica não dá mais, ou se empresta ou se dá o dinheiro até ao fim do contrato. Ao RCosta é lógico que não se pode dar um lugar de vaca sagrada, está visto que por ele joga sempre.

O Engº apostou numa táctica em losango para servir o RCosta, só que os avançados que o Benfica tem não tem mobilidade para jogar neste esquema (tirando o Simão). Tirando o Léo e o Simão a equipa não tem ninguém com capacidade de aceleração.

Pior que tudo é que a equipa parece que não treina, o Manú já jogou em todas as posições e mais alguma, o Nelson aparece sempre a defender em inferioridade numérica. Chega-se ao fim da época e só se ve alguns automatismos em pequenos momentos do jogo, é mesmo muito pouco.

Por fim ainda não vi uma única equipa, incluindo as de arbitragem, que não tenha vindo defender e queimar tempo na Luz.

ps: Com o Simão KO até ao fim da época só um Super-Micoli, todo o historial médico a começar pelo MFernandes dá que pensar. Se calhar no meio disto tudo quem tinha razão em procurar ajuda fora do Benfica era ele.