Avançar para o conteúdo principal

Miguel não vai para o Bayern nem para a Juventus

O Miguel é apontado como reforço do Bayern de Munique ou da Juventus.
Posso garantir que é impossível ele ir para estes dois clubes.
É que na Alemanha e em Itália os testes médicos incluem despitagem à heróina, cocaína e canabinóides.

Sobra o Valência e a União Desportiva do Belize.

Comentários

Money disse…
Hello,

The crisp copy made fast reading. At the end of the day, the fresh and memorable experience needed to be packaged in this small mail. Keep up the good work.

Thank you,
make extra money

Mensagens populares deste blogue

Num forum do Lille

«Vous avez vu les stats de Benfica en Coupe d'Europe à domicile? 79V (Edit : 80 maintenant) 22N 9D ! Respect...»

Se precisarem da tradução:
Vocês viram as estatísticas do Benfica na Liga dos Campeões em casa? 79 vitórias (agora 80) 22 empates 9 derrotas! Respeito...

Quem não chora não mama !

É isto que os nossos adversários andam a treinar todos os dias. Do jogo de ontem tenho que destacar o Moutinho Chorão e o Tonel Queixadas. Pode ser que um dia destes levem uma cacetada a sério e ai já ninguém acredita.

Se o Binya executasse a pressão alta do Sporting possivelmente não ficaria em campo mais de 5 minutos, mas aos anões, anoréxicos e karatecas tudo é permitido.

O Benfica jogou pouco mas ontem ficou provado que há equipas que jogam mais ou menos o mesmo. Vi o jogo contra o Moreirense e nem nesse jogo houve momentos de completo dominio Benfiquista como houve ontem. E oportunidades com as de ontem também houve do lado do Moreirense, só que a qualidade dos avançados é quase ela por ela.

Claro que era preferivel ganhar mas há que ser realista e ver que o que interessa é manter o 2º lugar e o acesso à liga dos campeões.

Só espero que o Petit volte em condições para em conjunto com o Binya formarem um meio campo de betão.

ps: O Binya merece jogar este ano na taça Uefa, vejam lá se …

Será...

...que se formos campeões na cidade do Porto, o Rui Rio nos abre as portas da Câmara Municipal para a festa?

É que as eleições são este ano e há que garantir o voto das «minorias».