sexta-feira, fevereiro 18, 2005

Substituições

Hoje já não tenho dúvidas, o Benfica voltou a jogar como o ano passado. Uns dias joga bem enquanto noutros tem momentos de desconcentração imperdoaveis numa equipa de futebol. O primeiro golo parece tirado de uma comédia e no segundo golo parece que toda a gente ficou a ver o Karadas a correr na linha da frente.

O resultado não foi o que mais me chateou, o que me irritou sim foram as substituições realizadas. Será que o Trap. pensa que o Karadas é capaz de marcar um golo. Aliás se nem uma bola chega à área como é que um ponta de lança que mais parece uma tábua de madeira consegue marcar um golo !? E depois tirar o Assis quando tinha lá o enterras do Giovanni que a única coisa que sabe fazer é chutar com violência e correr !? É triste ver que temos um extremo que não consegue vencer no um contra um, um extremo que joga no meio e que por muita vontade que nos dias de hoje mostre para além dos golos não faz nada. Coloca-se o ponta de lança e tira-se um dos poucos médios creativos. Brilhante Trap. ! Como treinador cotado que é estava a poupar o N. Assis para Guimarães.

Mais triste fico em ver que temos de colocar o petit com meia perna. Já não bastou o Mantorras ! É lógico que ele só com uma perna faz melhor que qualquer outro atleta do benfica (não consigo usar a palavra futebolista em quem joga tão mal) mas e se ele dá o berro, quem é que vai jogar depois.

Feitas as contas: Karadas, Everson, Salário do Giovani davam para ter contratado um jogador de jeito. Os outros dois poderiam facilmente ser substituidos por jogadores da equipa B. Ou então deixar o jogador de jeito e acabar o centro de estágio, agora esbanjar dinheiro desta forma é que não pode ser.

Por fim quero destacar a exibição do Mantorras, sendo ele o único jogador que pode acabar a carreira a qualquer momento foi dos poucos que mostrou vontade e querer. Um exemplo a seguir, desejo que ele este ano marque os golos que merece. Teve dois pormenores que nos fazem pensar que se ele tem sido contratado por outra equipa seria hoje em dia um dos melhores jogadores na sua posição. No Benfica teve foi azar, os que jogam bem são chupados até ao osso, ou neste caso cartilagem.