quarta-feira, novembro 30, 2005

Os Pais do Loch Ness

Quem criou o Monstro de Loch Ness foi o departamento médico (Mãe) e o departamento técnico do Benfica (Pai) que no desespero de então faziam o que podiam para não perder pontos.

Uma situação muito parecida com a de agora, a ver se não se gerou mais uns monstrinhos.

Sou um dos pobres de espírito que se anima quando ele entra em campo. Tenho a certeza que a recuperação dele deu um grande impulso para o título da época passada pois fez acreditar que tudo seria possivel.

As duas melhores ocasiões no último jogo sairam da cabeça dele, que até à sua lesão era o seu ponto fraco. É lógico que não poderá voltar a fazer os seus antigos dribles, o remate de longe já não tem a mesma potência mas pelo menos corre o que pode sendo que ele sabe que um destes dias será o seu último sprint. Se todos tivessem a sua coragem (ou estupidez) o Benfica estaria muito melhor.

Dizer que ele está a mais é uma ingratidão das maiores.

Em vez de ir à procura do monstro o melhor é ir à procura da motivação e do querer que fez com que a equipa ganhasse ao Sporting para a taça e fosse campeã nacional contra tudo e contra todos. Ai sim resolveriamos os nossos problemas.