Avançar para o conteúdo principal

Nuno Gomes e Companhia

Conforme prometido só falta ao N. Gomes marcar mais alguns golos para eu comprar a sua camisola (+18). Caso tenha de a comprar vou escolher "Nuno G." ou "NGolo", também não gosto do Gomes.

Em relação às época passadas e ao inicio desta tenho que destacar que ele está num dos seus melhores momentos de forma, sem barriga e a fazer o melhor que ele sabe que é tabelar. Confesso que as desmarcações para os dois golos não são habituais nele mas há algo nele de diferente, acho que são um conjunto de três factores:

1 - A festa de campeão e o querer repetir da festa;
2 - O próximo mundial;
3 - Relação estável.

Espero que ele continue sem medo, embora já se sabe que os adversários vão continuar a marcá-lo.

O N. Gomes foi um dos que jogou bem nas Antas, mas para mim o Quim, o Luisão, o Anderson, o NELSON, o Petit e o Manuel Fernandes estiveram impecáveis. O Nelson é para mim um dos melhores laterais direitos que já vi no Benfica. Se mantiver esta regularidade vai ser concerteza um dos melhores. O Petit como recuperador de bolas e a controlar o jogo e o àrbitro não há melhor. Um gajo que conhece a ciência da bola e que a domina como poucos.

Obrigado a todos por um sábado bem passado ! Há que destacar os dirigentes, que estiveram em grande ao escolherem o Porto para pernoitar e escolta para se protegerem. Uma vitória para o Veiga que escolheu este plantel e este treinador ! Agora há que continuar a trabalhar como o treinador disse.

Por fim gostaria de agradecer ao Lucilio Batista o facto de me ter ensinado como é que se mostram amarelos. Em regra com duas faltas, não interessa onde e outras vezes é com três faltas (depende em que equipa se joga). Quando o gajo é Brasileiro e do Benfica com duas vai logo para a rua. Se o Anderson e o Luisão tivessem feito faltas tinham ido para a rua. Uma aldrabice completa ! A sorte é que a vitória foi sem espinhas !

Se o porco que cabeceou o N. Gomes não o tivesse feito teria ido para a rua com vermelho directo ? Eu tenho ideia que não, aliás o L. Batista só toma uma atitude depois do cabeceamento. Aconselho os árbitros a levarem uma escolta policial e um par de tomates sobressalente por forma a apitarem nas Antas com alguma dignidade.

A azia do comentador da SportTv era por demais evidente. É fodido perder ....

Comentários

Glorioso Adepto disse…
Tenho a sensação que o Lucílio Batista já tinha o vermelho na mão quando o Bruno Alves agride à cabeçada o Nuno Gomes. Há uma imagem por tráz do Lucílio Batista que me dá essa sensação.

Mensagens populares deste blogue

Quem não chora não mama !

É isto que os nossos adversários andam a treinar todos os dias. Do jogo de ontem tenho que destacar o Moutinho Chorão e o Tonel Queixadas. Pode ser que um dia destes levem uma cacetada a sério e ai já ninguém acredita.

Se o Binya executasse a pressão alta do Sporting possivelmente não ficaria em campo mais de 5 minutos, mas aos anões, anoréxicos e karatecas tudo é permitido.

O Benfica jogou pouco mas ontem ficou provado que há equipas que jogam mais ou menos o mesmo. Vi o jogo contra o Moreirense e nem nesse jogo houve momentos de completo dominio Benfiquista como houve ontem. E oportunidades com as de ontem também houve do lado do Moreirense, só que a qualidade dos avançados é quase ela por ela.

Claro que era preferivel ganhar mas há que ser realista e ver que o que interessa é manter o 2º lugar e o acesso à liga dos campeões.

Só espero que o Petit volte em condições para em conjunto com o Binya formarem um meio campo de betão.

ps: O Binya merece jogar este ano na taça Uefa, vejam lá se …

Num forum do Lille

«Vous avez vu les stats de Benfica en Coupe d'Europe à domicile? 79V (Edit : 80 maintenant) 22N 9D ! Respect...»

Se precisarem da tradução:
Vocês viram as estatísticas do Benfica na Liga dos Campeões em casa? 79 vitórias (agora 80) 22 empates 9 derrotas! Respeito...

Será...

...que se formos campeões na cidade do Porto, o Rui Rio nos abre as portas da Câmara Municipal para a festa?

É que as eleições são este ano e há que garantir o voto das «minorias».