Avançar para o conteúdo principal

Nuno Gomes e Companhia

Conforme prometido só falta ao N. Gomes marcar mais alguns golos para eu comprar a sua camisola (+18). Caso tenha de a comprar vou escolher "Nuno G." ou "NGolo", também não gosto do Gomes.

Em relação às época passadas e ao inicio desta tenho que destacar que ele está num dos seus melhores momentos de forma, sem barriga e a fazer o melhor que ele sabe que é tabelar. Confesso que as desmarcações para os dois golos não são habituais nele mas há algo nele de diferente, acho que são um conjunto de três factores:

1 - A festa de campeão e o querer repetir da festa;
2 - O próximo mundial;
3 - Relação estável.

Espero que ele continue sem medo, embora já se sabe que os adversários vão continuar a marcá-lo.

O N. Gomes foi um dos que jogou bem nas Antas, mas para mim o Quim, o Luisão, o Anderson, o NELSON, o Petit e o Manuel Fernandes estiveram impecáveis. O Nelson é para mim um dos melhores laterais direitos que já vi no Benfica. Se mantiver esta regularidade vai ser concerteza um dos melhores. O Petit como recuperador de bolas e a controlar o jogo e o àrbitro não há melhor. Um gajo que conhece a ciência da bola e que a domina como poucos.

Obrigado a todos por um sábado bem passado ! Há que destacar os dirigentes, que estiveram em grande ao escolherem o Porto para pernoitar e escolta para se protegerem. Uma vitória para o Veiga que escolheu este plantel e este treinador ! Agora há que continuar a trabalhar como o treinador disse.

Por fim gostaria de agradecer ao Lucilio Batista o facto de me ter ensinado como é que se mostram amarelos. Em regra com duas faltas, não interessa onde e outras vezes é com três faltas (depende em que equipa se joga). Quando o gajo é Brasileiro e do Benfica com duas vai logo para a rua. Se o Anderson e o Luisão tivessem feito faltas tinham ido para a rua. Uma aldrabice completa ! A sorte é que a vitória foi sem espinhas !

Se o porco que cabeceou o N. Gomes não o tivesse feito teria ido para a rua com vermelho directo ? Eu tenho ideia que não, aliás o L. Batista só toma uma atitude depois do cabeceamento. Aconselho os árbitros a levarem uma escolta policial e um par de tomates sobressalente por forma a apitarem nas Antas com alguma dignidade.

A azia do comentador da SportTv era por demais evidente. É fodido perder ....

Comentários

Glorioso Adepto disse…
Tenho a sensação que o Lucílio Batista já tinha o vermelho na mão quando o Bruno Alves agride à cabeçada o Nuno Gomes. Há uma imagem por tráz do Lucílio Batista que me dá essa sensação.

Mensagens populares deste blogue

Num forum do Lille

«Vous avez vu les stats de Benfica en Coupe d'Europe à domicile? 79V (Edit : 80 maintenant) 22N 9D ! Respect...»

Se precisarem da tradução:
Vocês viram as estatísticas do Benfica na Liga dos Campeões em casa? 79 vitórias (agora 80) 22 empates 9 derrotas! Respeito...

Quem não chora não mama !

É isto que os nossos adversários andam a treinar todos os dias. Do jogo de ontem tenho que destacar o Moutinho Chorão e o Tonel Queixadas. Pode ser que um dia destes levem uma cacetada a sério e ai já ninguém acredita.

Se o Binya executasse a pressão alta do Sporting possivelmente não ficaria em campo mais de 5 minutos, mas aos anões, anoréxicos e karatecas tudo é permitido.

O Benfica jogou pouco mas ontem ficou provado que há equipas que jogam mais ou menos o mesmo. Vi o jogo contra o Moreirense e nem nesse jogo houve momentos de completo dominio Benfiquista como houve ontem. E oportunidades com as de ontem também houve do lado do Moreirense, só que a qualidade dos avançados é quase ela por ela.

Claro que era preferivel ganhar mas há que ser realista e ver que o que interessa é manter o 2º lugar e o acesso à liga dos campeões.

Só espero que o Petit volte em condições para em conjunto com o Binya formarem um meio campo de betão.

ps: O Binya merece jogar este ano na taça Uefa, vejam lá se …

Será...

...que se formos campeões na cidade do Porto, o Rui Rio nos abre as portas da Câmara Municipal para a festa?

É que as eleições são este ano e há que garantir o voto das «minorias».