terça-feira, junho 14, 2005

Koeman o sabichão

O novo treinador do Benfica fez saber que não quer contar com Álvaro (nem como olheiro das equipas adversárias), porque traz a sua equipa holandesa. Eu quero ver quando o gajo for jogar ao Rio Ave, ao Bessa, à Figueira da Foz, a Barcelos ou a Setúbal e os adjuntos do gajo dizerem:
«Epá ò mister, estes gajos hoje estão a jogar à defesa e em dois lances já nos encavaram duas vezes».
É que ao contrário do que muita gente pensa, o futebol português é muito mais manhoso que o holandês. Ou alguém tem dúvidas que o Gil Vicente (mesmo treinado pelo Luís Campos) espetava 2 ou 3 ao Heerenven ou que o NAC Breda nem um empate conseguia em casa contra a Naval. Aliás, para se compreender bem a distância que vai do futebol português para o holandês, veja-se o Sporting que não teve grandes dificuldades para afastar o Feyenord e no jogo com o Alkmaar até se deram ao luxo de sofrer golos em casa para resolver as coisas na Holanda.

O Koeman e o Cu Adriano que venham para cá armados em vedetas que a malta old school trata-lhes da saúde. Nem ao Natal chegam.
A sorte deles é que o adversário mais directo é o Peseiro.

1 Comments:

Anonymous RJB said...

O Koeman e o outro pensam que vêm lá da Europa Civilizada, para ensinar os pretos da Europa.

Pois, não sabem onde se meteram, aqui joga-se futebol, isto não é o país dos charros e dos paneleiros.

Eles que se limitem a vir ao Algarve passar férias!

2:57 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home