quinta-feira, abril 06, 2006

Sucesso, Glória e o Ser do «Maior do Mundo»

Ontem em plena praça da Catalunha e já com umas belas cañas a serem absorvidas pelos sistemas nervoso e circulório eu e os meus companheiros da Tour a Camp Nou concluímos que o Benfica é o «Maior Do Mundo». Reparem que não somos os melhores de Portugal ou a melhor equipa da Europa ou até aquela que pratica o melhor futebol ou que tem os melhores jogadores. Nada disso. Nós somos é os Maiores Do Mundo (em sigla, MDM e sempre escrito em maiúsculas).

Por esta altura devem estar os adeptos de outros clubes a dizer: «Eh, eh, estes gajos são doidos! Maiores do Mundo? Estiveram 10 anos sem ganhar um campeonato e há quase 20 que não vão a uma final europeia!?»

Pois, mas isso de ganhar e de ir a finais é coisa de clubes que procuram o sucesso. E nós benfiquistas não procuramos o sucesso. Como diz Lobo Antunes, o importante é a Glória, porque o sucesso não vale de nada. Diz o melhor escritor português que o Camões nunca teve sucesso na vida, mas que glória teve e continua a ter, pois só assim é que 500 anos depois todos continuam a ler, criticar e elogiar a sua obra.

O Benfica é similar. Não tem sucesso nenhum nas competições europeias, mas foi a equipa estrangeira que mais adeptos levou a Camp Nou e a equipa que, em toda a história das competições de clubes da UEFA, mais adeptos levou a um jogo fora de casa (contra o Lille mais de 40.ooo benfiquistas em Paris). O Benfica, mesmo não tendo sucesso, continua a ser alvo de críticas e falatórios entre lagartos e tripeiros (que como diz o cântico dos DV são todos paneleiros).

É por isso que ontem saí de Espanha feliz. Perdi contra uma equipa de sucesso, mas tenho orgulho em ser do Maior do Mundo. E isto de se ser do MDM não é para quem quer, é para quem pode ambicionar a glória.

1 Comments:

Anonymous Luís Fialho said...

Penso que os jogadores do Benfica merecem ver a Luz cheia no próximo domingo.

TODOS À LUZ !!!

VAMOS ENCHER O ESTÁDIO !!!!

5:34 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home