segunda-feira, setembro 19, 2005

Co-crítica

Co Adriaanse criticou duramente o futebol português. Críticas certeiras e que pecam por defeito. Não basta mudar o que ele falou para termos o futebol que merecemos. Só mesmo a superior capacidade dos futebolísticas nacionais e a paixão que o público tem por este desporto justificam as nossas vitórias recentes.

Mas surgem-me dois comentários a este propósito:

1 - Ainda bem que ele perde tempo a teorizar sobre o estado do lusofutebol, em vez de tentar descobrir que um treinador-espectáculo, como ele, corre o risco de ser despedido, enquanto o treinador-mariquinhas , como o Trapatonni, sai pelo próprio pé.
2 - Ninguém lhe explicou quem é que pôs o futebol português no estado em que está?