terça-feira, janeiro 31, 2006

Este post é para retirar logo à noite, depois de causar algum mal-estar

A filosofia de campeão da época passada residia em perceber que o todo era maior do que as partes. Foi por isso que o CAMPEÃO foi o BENFICA e não foi a «equipa dos milhões», ou a «equipa que melhor pratica futebol na Europa» nem a «equipa mais equilibrada» do campeonato.

É pena que alguns, que quase desfizeram um balneário para serem capitães de equipa, ainda não tenham percebido isso e insistam em querer fazer a festa, atirar os foguetes e apanhar as canas.

Também acho estranho que o teu amigo Assis não jogue. Quem me conhece sabe que sou fã dele. E também não percebo a dispensa do Dos Santos. Acho que os «novos heróis» devem ser os titulares. Os que vieram de novo têm de mostrar que são melhores do que aqueles que já cá estavam e que ganharam tudo o que havia para ganhar em Portugal.
Se foram bons, entram - vejam o Nelson ou o Anderson. Se não, têm de trabalhar.

De qualquer maneira... um conselho: a easyJet e a Ryanair têm umas viagens baratas para Londres.