Avançar para o conteúdo principal

Acabou a primeira volta

Ao fim de 17 jornadas chegamos ao segundo lugar. Podia ser pior.

Os 6 pontos de vantagem garantem ao clube do namorado da puta meia faixa de campeão. A nossa única hipótese é não termos mais oscilações de forma, ganhar em casa ao Porto e esperar que o Quaresma e o Lucho tenham uma lesão. São muitas condicionanates juntas, mas é possível, ainda que improvável.

Obrigado Koeman por lançares um dos «novos heróis» (era assim que o Orelhas se referia a ele, não era?) para o banco. Sobretudo depois de ter sido pilar fundamental de um Benfica campeão, jogar lesionado durante 2 meses, ter-te safo o lugar antes do Natal e não sofrer golos há 4 jogos. Querias que o Quim fizesse o quê? Que fosse lá à frente marcar um golo de canto?

Para quem não percebeu, eu explico. Ontem, o Simão e o Ricardo Rocha queriam despedir-se do público da catedral com um golo. Num caso, mais um. Noutro caso, o primeiro e último.

PS: Porque é que o relvado da Luz está ridículo?

Comentários

Goncalo disse…
Tambem nao concordo nada com a ida do Quim para o banco. Muito menos assim, depois do Moretto ter chegado, feito 3 treinos e pronto, é titular.
A unica explicação que eu tenho é o Quim ainda não estar a 100% fisicamente (como se via nos ultimos jogos em que se via à rasca sempre que tinha chutado uma bola).
Mas acho estranho tudo o que se passa com o Quim. Acho que o ano passado, a sua tranquilidade, o seu estilo que parece algo distante, mas que transmite muita serenidade à defesa, foram muito importantes para o titulo. Este ano no inicio do ano voltei a nao perceber a aposta no Moreira (nada contra o Moreira, mas o Quim era o titular do Benfica campeão!).E agora volto a não perceber.
Pode ser que qualquer dia alguem explique.
Até lá, é ir para cima deles, porque uma coisa é certa: ninguem pára o Benfica!

PS - quando recebermos o Porto, temos de ter no máximo esta distancia pontual, para em caso de vitoria ficarmos a uma derrota deles. Se assim for, tudo é possivel. Sim, mas o Quaresma já era altura de começar a jogar mal.
Anónimo disse…
Agora fiquei alarmado... Simão *e* Ricardo Rocha queriam *despedir-se* com um golo?

Por um lado espero que seja apenas especulaçao do postador, mas se assim for, é também certo que é a última vez que cá venho visitar este blog, a prova provada de que o pessoal que escreve aqui são uma cambada de artolas que se diz muito adepta do Benfica mas que no final de contas são um Record ou um O Jogo em ponto pequeno, dada a especulação e o "só saber dizer mal e deitar abaixo o clube"...

Mensagens populares deste blogue

Num forum do Lille

«Vous avez vu les stats de Benfica en Coupe d'Europe à domicile? 79V (Edit : 80 maintenant) 22N 9D ! Respect...»

Se precisarem da tradução:
Vocês viram as estatísticas do Benfica na Liga dos Campeões em casa? 79 vitórias (agora 80) 22 empates 9 derrotas! Respeito...

Quem não chora não mama !

É isto que os nossos adversários andam a treinar todos os dias. Do jogo de ontem tenho que destacar o Moutinho Chorão e o Tonel Queixadas. Pode ser que um dia destes levem uma cacetada a sério e ai já ninguém acredita.

Se o Binya executasse a pressão alta do Sporting possivelmente não ficaria em campo mais de 5 minutos, mas aos anões, anoréxicos e karatecas tudo é permitido.

O Benfica jogou pouco mas ontem ficou provado que há equipas que jogam mais ou menos o mesmo. Vi o jogo contra o Moreirense e nem nesse jogo houve momentos de completo dominio Benfiquista como houve ontem. E oportunidades com as de ontem também houve do lado do Moreirense, só que a qualidade dos avançados é quase ela por ela.

Claro que era preferivel ganhar mas há que ser realista e ver que o que interessa é manter o 2º lugar e o acesso à liga dos campeões.

Só espero que o Petit volte em condições para em conjunto com o Binya formarem um meio campo de betão.

ps: O Binya merece jogar este ano na taça Uefa, vejam lá se …

Será...

...que se formos campeões na cidade do Porto, o Rui Rio nos abre as portas da Câmara Municipal para a festa?

É que as eleições são este ano e há que garantir o voto das «minorias».