domingo, janeiro 29, 2006

A minha primeira vez

Apesar de ser sócio desde 1982 e de ter lugar (antes cativo, agora outra coisa) desde 1995, nunca tinha visto o Sporting ganhar na Luz ao vivo. Por uma ou outra razão, faltei sempre aos jogos em que perdemos e nunca deixei de marcar presença nos que ganhámos. Uma das minhas maiores frustrações até ontem tinha sido o 2-2 com um penalty inventado pelo Mário Jardel.

Mas ontem foi bem pior. Ontem senti-me uma maçã podre, enrrugada e a mirrar. E não foi só por termos feito o pior jogo deste ano. Foi também porque perdemos contra uma equipa que este ano se arrisca a ficar em 5º lugar. Perdermos contra uma equipa que nem um treinador diplomado tem. Perdemos contra um clube com um presidente interino e com uma situação financeira à beira do colapso. Perder com este Sporting foi tão mau quanto perder contra o Beira Mar no ano passado e contra o Gil Vicente este ano. Foi muito mau e hoje (e duvido que esta semana) vai ser uma daquelas bem fodidas.

Para mim não há desculpas. Uma equipa que perde em casa com este Sporting e com o Gil Vicente não merece ser campeã.

Resta-nos esperar pela escorregadela do nosso rival e consolarmo-nos que, apesar de não ter ganho nenhum jogo grande, o Porto continua em primeiro. Um sinal de que a Liga BES/Bola não interessa assim tanto.