quarta-feira, maio 25, 2005

Dez anos não é muito tempo

Por Ricardo Araújo Pereira in Visão (25 de Maio de 2005)

Os gigantes precisam de dormir uma década em cada século. Pensando bem, não é muito tempo. O único gigante que conheço adormeceu em 1995 e acordou no domingo passado, por volta das nove da noite. O despertar sacudiu milhões de pessoas, aqui e no mundo inteiro. Era inevitável: esses milhões de pessoas são, na verdade, o gigante.

No dia 28 de Fevereiro de 1904, meia dúzia de rapazes reuniram-se nas traseiras da farmácia em que alguns deles trabalhavam e fundaram um clube. Cento e um anos depois, esse clube continua a deixar cada vez mais gente eufórica. Nem medicamentos genéricos nem de marca: a única coisa saída de uma farmácia que melhora verdadeiramente a saúde de milhões de pessoas é o Sport Lisboa e Benfica.

A composição da substância varia muito. Este ano foi esta: Moreira, Quim, Miguel, Luisão, Ricardo Rocha, Dos Santos, Petit, Manuel Fernandes, Geovanni, Nuno Assis, Simºao, Nuno Gomes, Mantorras, João Pereira, Sokota, Bruno Aguiar, Karadas, Carlitos, Fyssas, Delibasic, Zahovic, Amoreirinha, Argel, André Luís, Alcides, Everson, Yannik e Paulo Almeida. Não quero substituir-me ao fosso médico, mas estou tentado a dizer-vos que deviam experimentar este remédio. Comigo, faz maravilhas.

O Benfica é campeão. Esta frase, com o verbo ser no presente, nunca deixou de ser verdadeira. Apenas carece de confirmação periódica, para os mais cépticos. Agora que o gigante acordou para mais cem anos de glória, parece-me que a confirmação será cada vez mais frequente.

1 Comments:

Anonymous RJB said...

Tinha a ideia, que só iriamos ser campeões, daqui a uns anitos. Não estava à espera, que fosse já agora!
Às vezes, parece que estou a sonhar e que vou acordar e não aconteceu nada...Mas aconteceu! Somos mesmo nós os Campeões! Benfica!

4:27 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home